Todos os artigos de coimbracanal

IV DevFest Coimbra 2019

Está de volta a quarta edição do DevFest Coimbra!


Dia 16 de novembro tem lugar a quarta edição do DevFest Coimbra. Um dia inteiro de palestras e workshops em várias áreas da tecnologia, desde o desenvolvimento mobile (Android e iOS), passando por web, design, segurança e até chegarmos ao hardware – onde vamos ter connosco o Movimento Maker Portugal GDG Coimbra.

O evento decorrerá no Auditório António Arnaut (no Centro Hospitalar de Coimbra).

O primeiro grupo de oradores é constituído por Orestes Carracedo – Espanha, Maxim Salnikov -Noruega, Ivan Morgillo – Alemanha, Ash Davies – Alemanha, Marcin Moskala – Polónia, Renato Rodrigues – Portugal, José Méoreira – Portugal e Donny Wals – Países Baixos.


O Google Developers Group (GDG) Coimbra é uma comunidade de pessoas com interesse por tecnologia, que se juntam ocasionalmente para discutir e partilhar ideias ou simplesmente beber uma cerveja e aprender uma ferramenta nova.
Para além do DevFest, o GDG Coimbra organiza eventos como Kotlin/Everywhere, GDG Kids, Developer Stories, Gather Hours e vários workshops.

O DevFest Coimbra 2019 é uma conferência tecnológica organizada pelo GDG Coimbra, e é uma de várias conferências DevFest promovidas pela Google em todo o mundo. Tem como objetivo trazer o que melhor se faz de tecnologia ao centro de Portugal.
Mais informação sobre o evento pode ser encontrada nas nossas redes sociais:

Os bilhetes, cujo valor reverte na totalidade para uma instituição solidária, podem ser comprados em https://ti.to/gdgcoimbra/devfest-coimbra/


APOIO: COIMBRA CANAL

Redes Sociais / Fake News – Festa Literária Folha 2019

Com Dulce Neto (Jornalista), Manuel Halpern (Jornalista), Nuno Miguel Guedes (Investigador), e moderado: César Rodrigues (Investigador)

O Parque das Artes do Hotel das Termas da Curia, promoveu de 26 a 28 de setembro a “II Festa Literária Folha 2019” e que pretendeu divulgar “autores e obras literárias” portuguesas, numa iniciativa conjunta da Câmara Municipal de Anadia com a Sociedade das Águas da Curia.

XXV edição dos Caminhos do Cinema Português – 22 a 30 de novembro

O festival Caminhos do Cinema Português afirmou-se, nas últimas edições, como o evento de referência do panorama português, sendo o único festival dedicado, na sua competição, ao cinema português em várias vertentes, desde os projectos finais de escola de cinema, passando pela animação, documentário, curta-metragem até à longa-metragem. Desde 1988 tivemos o privilégio, enquanto organização de ver e (con)viver com o melhor da produção nacional portuguesa ao longo das últimas XXIV edições, mas igualmente de acompanhar a evolução de toda a indústria cinematográfica portuguesa. Abrimos o evento aos Juniores, aos Seniores, às Escolas de Cinema, às editoras e livreiros, a toda a produção portuguesa transformando-o na verdadeira montra do cinema nacional em Portugal. Uma montra, que tem apostado em aproximar os criadores dos seus públicos, apostando na interacção em todos os níveis.

Constrangimento de ordem financeira inviabilizaram a realização da XX edição em 2013, mas dos piores e melhores momentos, fizemos registo, e com essa vontade chegamos continuamos.
Na XXII edição o festival afirmou-se também em Leiria com a Seleção Ensaios. Querendo facilitar o acesso a toda população e representar um novo caminho do cinema académico (tanto nacional como internacional), para além disso, o festival afirmou-se a um nível supralocal, permitindo uma afirmação regional do cinema português na zona centro. Tivemos como salas de acolhimento os grandes espaços existentes na cidade de Leiria, como o Teatro Miguel Franco, Teatro José Lúcio da Silva, e ainda o Museu da Imagem em Movimento.
Chegamos em 2018 à XXIV edição, com esperança, de que o presente momento que vivemos, seja de esperança, que marque a pluralidade cultural na cidade de Coimbra, mas que a mesma seja também o inicio da construção de pontes com outras cidades da região centro.

100 anos do nascimento de Jorge de Sena e Sophia de Mello Breyner Andersen

M89 – recital de poemas para muros e galáxias distantes é um trabalho performativo com base em textos poéticos e Jorge de Sena, Sophia de Mello Breyner Andersen e José Saramago. Em resposta ao desafio do 2.º Festival Literário “Palavras de Fogo”, M89 evoca simbolicamente o tema dos “muros”, reportando-se à queda do muro de Berlim (1989), aos muros com que, hoje e sempre, convivemos, ao muro invisível que separa/liga,  no teatro, o palco e a plateia. M89 também aproveita a divulgação recente do buraco negro Messier 87 para colocar o tema da crise climática. Os muros habitam-nos. e nós habitamos muros. Há ainda muros que nos cercam. Mas por vezes trepamos muros para ser mais longe.Também muito do teatro se faz entre muros. Como se os muros não existissem. Em busca de galáxias distantes somos arrastados pela escuridão de um buraco negro supermaciço… Neste recital dizem-se poemas de Jorge de Sena, Sophia de Mello Breyner Andersen e José Saramago. Dizem-se também as palavras dos atores. Com o Muro de Berlim no horizonte, rastreiam-se outros muros, fala-se deles, trepam-se, saltam-se, derrubam-se… para neles mergulhar ainda.

Sinais de Fôlego, nas palavras de Jorge de Sena

fôlego. s. m. 1 ato de inspirar e expirar; respiração; 2 capacidade de manter o ar nos pulmões; 3 ar que se respira; 4 acto de soprar; bafo; hálito; 5 período durante o qual se recuperam forças perdidas; descanso; folga; 6 [fig.] alento, ânimo – de fôlego de grande valor; muito importante; muito trabalhoso; de um fôlego de uma só vez; sem parar; ter sete fôlegos ter grande resistência; tomar fôlego parar para descansar…

O recital Sinais de Fôlego, nas palavras de Jorge de Sena segue as pistas deixadas ao longo dos trilhos da Viagem Literária Jorge de Sena, no âmbito das comemorações do centenário do escritor e integrada na 11.ª edição do Festival das Artes, decorreu a 20 de julho, entre Coimbra e a Figueira da Foz. Nessa senda, este recital revisita, nas palavras próprias do autor (desde o romance Sinais de Fogo a vária da sua poesia), o caminho do seu achamento como poeta – inspirando e expirando o bafo e o hálito, o alento e a folga, o trabalho e a resistência da sua respiração criativa.

A reserva de bilhetes pode ser efetuada através do email bonifratesbilheteira@gmail.com ou pelo telefone 916 615 388. Os preços dos bilhetes são os seguintes: NORMAL – 5 €; ESTUDANTES, SENIORES, PROTOCOLOS, CLUBE DE AMIGOS e GRUPOS (+ 10 elementos) – 3 €.

Espectáculo aconselhável para a maiores de 6 anos, com a duração de 1h15.

APOIO: COIMBRA CANAL

Dia do Diploma no Agrupamento de Escolas da Lousã


O Agrupamento de Escolas da Lousã realiza amanhã, dia 18 de outubro, a cerimónia Dia do Diploma, pelas 21horas, na Nave de Exposições da Lousã, para entrega dos diplomas de conclusão do ensino secundário e dos certificados que distinguem os alunos por mérito escolar e que se distinguiram por ações desportivas.
Serão entregues diplomas de conclusão do ensino secundário a 80 alunos dos Cursos Cientifico Humanístico e dos Cursos Profissionais, assim como alguns certificados de competências a alunos com adaptações curriculares
significativas que concluíram também o seu percurso escolar.
Serão entregues 147 diplomas de Mérito Escolar aos alunos do ensino básico com média final igual ou superior a 4,5 e aos alunos do ensino secundário com média superior a 17,5 valores.
Na categoria Mérito Desportivo a entrega de diplomas é feita aos alunos que participaram em provas regionais e nacionais no âmbito do Desporto Escolar e obtiveram classificações no podium, totalizando 111 alunos. Acresce o reconhecimento a duas alunas pelo seu desempenho em ações desportivas a nível nacional (Natação e Judo).
O evento tem uma participação de cerca 650 convidados, incluindo os alunos que recebem as distinções e os pais, os professores que os acompanharam no ano 2018/2019, os representantes das Estruturas de Orientação Pedagógica e os responsáveis dos vários serviços do Agrupamento de Escolas, assim como a participação de algumas entidades
oficiais e representantes de empresas parceiras do Agrupamento de Escolas, muitas delas que recebem os alunos em contexto de estágio.
A cerimónia tem previstos alguns interlúdios artísticos que envolve antigos alunos e alunos que frequentam atualmente o AEL. A Associação de Estudantes da Escola Secundária apresenta um corpo de bailarinas em
colaboração com a Academia de Bailado da Lousã.
Os parceiros que apoiam a realização do Dia do Diploma são a Câmara Municipal da Lousã, a Arborolusitania, os Estúdios Delfim Ferreira, o Coimbra Canal, o Coro Misto da Sociedade Filarmónica da Lousã e a Academia de Bailado da Lousã.

Esta cerimónia será transmitida em direto no Coimbra Canal.