1_FB_SHARED-IMAGE_1200X630_1

Recital de Schubert na antiga sala do Casino na Curia

Recital de Schubert na antiga sala do Casino na Curia

Fruir eventos culturais num cenário natural idílico. O Parque da Curia criou o ciclo Música no Parque e convida os espetadores para um recital com música de Franz Schubert (1797-1828), quando passam 190 anos da morte deste genial compositor austríaco, pelo pianista Jorge Fontes, que interpretará também temas de Sergei Prokofiev (1891-1953).

É já no próximo dia 19 de maio, pelas 21h00, no Hotel Termas da Curia. O programa do dia 19 começa às 17h00, com a inauguração da exposição “Franz Schubert: 190 anos da sua morte”, na Buvette do Hotel Termas da Curia.

Pelas 19h00, realiza-se um jantar na antiga sala do casino, seguindo-se o recital (21h00), no mesmo espaço histórico. Jantar e recital têm um custo de 30 euros por pessoa.

A celebração de Schubert continua no próximo dia 2 de Junho, pelas 18h00, com um concerto da Orquestra de Sopros de Coimbra, ao ar livre, no Parque da Curia.

Segue-se, no dia 16 de Junho, pelas 20h00, na Buvette do Hotel Termas da Curia, uma palestra pelo Maestro António Vitorino d’Almeida e recital pela soprano Carla Bernardino acompanhada pelo pianista Jorge Fontes.

O Música no Parque pretende ser um variado programa cultural de Música, Literatura, Moda eArtes. Inicia a sua programação associando-se às evocações de Schubert e de Gershwin estando previstas várias atividades culturais nos meses de Maio, Junho, Julho, Setembro e Outubro.

Biografia do pianista Jorge Fontes

Nasceu em Avelar, Ansião, onde iniciou os seus estudos musicais na filarmónica local. Mais tarde, prossegue-os no Conservatório de Música de Coimbra e na Escola Superior de Música de Lisboa, onde termina a licenciatura em Piano.

Realizou, como pianista concertista, inúmeros recitais em Portugal e Espanha, dos quais se destacam os concretizados no Museu Nogueira da Silva, em Braga, no salão nobre do Palácio Foz, em Lisboa, no Consulado de Portugal, em Sevilha, e os dois ciclos de concertos comentados “Sonatas de Primavera”, na Casa-Museu Bissaya Barreto, em Coimbra.

Foi professor de Piano e pianista, na Escola de Música de São Teotónio, em Coimbra, na Academia de Música e Escola Profissional de Música de Viana doCastelo. Atualmente é professor no Conservatório de Música da Covilhã.

APOIO: COIMBRA CANAL