46831380_1760565334052819_4062103974621216768_o

4 edição do Ciclo de Concertos de Coimbra, de 15 a 17 de março

A quarta edição do CCC, de 15 a 17 de março, proporciona “uma programação plural, contando com dez concertos espalhados pela cidade de Coimbra”, disse hoje à agência Lusa o diretor artístico do festival, Tiago Nunes.

Subordinada ao tema “A cidade mágica” e organizada pela associação Cultur X, a iniciativa propõe-se “recordar Coimbra através da música, o papel importantíssimo que teve na transmissão do conhecimento”, e encerra no dia 17 com uma homenagem a Amália Rodrigues para assinalar os 20 anos da morte da fadista.

Esta evocação de Amália conta com a participação do Alma de Coimbra, coro e grupo de fados, com direção do maestro Augusto Mesquita.

“Vamos oferecer à cidade nove de dez espetáculos totalmente gratuitos, para assim despertar novamente Coimbra através de concertos que reunirão toda a família à volta da arte”, no terceiro fim de semana de março, adiantou.

Para o jovem pianista Tiago Nunes, de 24 anos, “a desculpa de que a cultura é cara não será motivo para o público de Coimbra não participar neste ciclo repleto de magia”.

O auditório do Conservatório de Música de Coimbra acolhe os três principais concertos, com Adriano Jordão (21:00), pianista António Victorino de Almeida (21:00) e Alma de Coimbra (18:00), todos no auditório do Conservatório de Música da cidade, nos 15, 16 e 17, respetivamente.

Os restantes espetáculos são apresentados em diferentes espaços da cidade do Mondego: Sé Velha, Igreja de Santa Cruz, Museu Nacional Machado de Castro e Fundação Bissaya Barreto.

O IV Ciclo de Concertos de Coimbra conta com apoios da Fundação Millenium, Banco Crédito Agrícola, Critical Software e Câmara Municipal de Coimbra.

APOIO: Coimbra Canal

46679870_1760754760700543_1790644218721468416_o