ovos de pascoa

Uma sugestão em tempo de Páscoa: Cientistas Sociais podem ajudar à renovação da sociedade

Sansão Coelho em 26 de Março de 2015

Estamos a viver uma época especial. Vivemos este tempo de Páscoa com forte tradição em Portugal e que é assinalado com impacto na nossa Região Centro.

Neste conceito de Páscoa podemos envolver, por parte dos que comemoram a época, significados ou aproximações como Sacrifício, Renovação, Libertação.

O mundo está a passar por situações particularmente difíceis. Estes sacrifícios de muitos povos devem levar os cientistas sociais a refletirem sobre os problemas que nos batem à porta e é importante abrir janelas para por em prática processos de efetiva renovação das comunidades.

Recordamos que, por ocasião da Revolução Industrial, a Inglaterra, como pioneira, e a Europa, a seguir, e, depois, a maioria dos países sentiram fortes repercussões a diversos níveis.
Houve profundas mudanças económicas, culturais e sociais. O mundo mudou.

Atualmente o Mundo Avançado, ligado à Sociedade do Conhecimento, parece estar indiferente aos reflexos da atual Revolução Tecnológica, aliás, mais explosiva e com inesperadas repercussões e ziguezagues, se comparada com a Revolução Industrial.

A União Europeia, Estados Unidos e o Japão, apenas estes três significativos exemplos, têm vivido tempos económicos e financeiros difíceis e, cada vez mais, vivem dos Serviços em detrimento da Produção Industrial ou de novos sistemas de produção que venham a gerar uma nova e efetiva riqueza. Nem só de tecnologia vive o Homem apesar de a informática ser hoje uma ferramenta indispensável e transversal.

A perda de postos de trabalho convencionais como reflexo das alterações de paradigma muda para aonde? Apenas para o desemprego generalizado em todo o mundo? Para mão-de-obra
barata? Para a desumanização? Os trabalhadores estão preparados para entrarem todos (ou a maioria) nestes Novos Tempos?
A nossa inserção em pleno nesta imparável Sociedade do Conhecimento e da Informação exige que os Cientistas Sociais possam ajudar quem sente problemas com as mudanças.
O ovo que simboliza a Páscoa significa um Início. E desejamos que seja o princípio de algo prometedor. Até os simpáticos coelhos (concordam que todos os coelhos são simpáticos?!) estão associados à Páscoa porque sendo vistos em abundância com os filhotes nesta época do ano foram considerados um símbolo de fertilidade.
Coimbra tem produzido Cientistas Sociais de grande prestígio. Tem sido fértil neste aspeto.

Esperamos desta plêiade de intelectuais um olhar e um sinal de apoio e orientação para aqueles que estão fragilizados e desorientados nesta Nova Sociedade. Um progresso integrador e reprodutor de bem viver e viver por bem e para o bem de todos.
Boa Páscoa a todos e em particular a quem entra neste Coimbra Canal que vai de Coimbra para o mundo em formato de… ovo de  Páscoa.

Interatividade: sansaocoelho@coimbracanal.com