Arquivo da Categoria: Divulgação

Ciclo de Concertos com nove espetáculos em Coimbra entre outubro e dezembro

O III Ciclo de Concertos de Coimbra celebra, no dia 01 de dezembro, o feriado dedicado à restauração da independência de Portugal, na igreja do Convento São Francisco, com um concerto pelo coro Alma de Coimbra, que integra antigos estudantes da Universidade de Coimbra.

O reportório do grupo dirigido pelo maestro Augusto Mesquita “será uma viagem por poetas, autores e intérpretes portugueses ou de língua portuguesa”, afirmou Tiago Nunes.

O concerto de encerramento, no dia 08 de dezembro, às 18:00, assinala o feriado da Imaculada Conceição, no grande auditório do Convento São Francisco.

Nesta sessão, atua o Coro Sinfónico Inês de Castro, dirigido pelo maestro Artur Pinho Maria, que interpretará “A Criação”, a obra “mais emblemática” do compositor austríaco Joseph Haydn.

“Esta obra é considerada a mais importante oratória de todo o Classicismo. O momento da transição entre a representação do caos e criação da luz é um dos exemplos de retórica mais extraordinários de toda a história da música”, referiu.

Franz Joseph Haydn (1732-1809) foi um dos mais importantes compositores do período clássico vienense.

No mesmo dia, além do espetáculo de encerramento, realiza-se na Sé Nova, às 21:30, um concerto de órgão por Paulo Bernardino, que está a celebrar 30 anos de atividade, 25 dos quais como organista da Sé Catedral de Coimbra e uma década com idêntica responsabilidade na capela da Universidade local.

Paulo Bernardino doará os donativos do espetáculo à Cáritas Diocesana de Coimbra.

“O Ciclo Concertos é já uma referência na vida cultural de Coimbra. Queremos ser uma montra daquilo que melhor existe a nível cultural, dando oportunidade também a vários jovens artistas de se mostrarem à cidade e à região”, declarou Tiago Nunes.

Em agosto, a organização lançou uma campanha de financiamento do ciclo através do sistema ‘crowdfunding’.

“Pretendemos com esta campanha financiar parte das despesas logísticas e remuneratórias. Queremos providenciar aos cidadãos o acesso a concertos de elevada qualidade, com preços acessíveis a todos”, adiantou.

Ao longo de dois meses, o ciclo passará por espaços como a Sé Velha, a Sé Nova, o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, o Conservatório de Música, a Casa-Museu da Fundação Bissaya Barreto, o Museu Nacional de Machado de Castro e a igreja e o auditório principal do Convento São Francisco.

APOIO: COIMBRA CANAL

 

“OS AMANTES DAS GERAIS” de Maria Jacinta de Resende Borges

O Coimbra Canal está cada vez mais a ser visto um pouco por todo o mundo. Exemplo disso é o pedido de divulgação vindo do outro lado do Atlântico.

minas

Maria Jacinta de Resende Borges nasceu em Perdizes, Minas Gerais e passou sua infância e juventude em Uberaba, onde iniciou sua profissão de professora, no Grupo Escolar Jacques Gonçalves.
Atualmente mora em Sertãozinho, São Paulo. É diretora de escola aposentada.
Lançou em março de 2017 seu primeiro livro, o romance OS AMANTES DAS GERAIS.
A história passa-se em Perdizes e abrange o Triângulo Mineiro e o Alto Paranaíba. É matizada com casos pitorescos da região e leves pinceladas históricas das Alterosas.

“Ao salvar Matilde do estouro da boiada, Théo jamais imaginou que sua vida mudaria vertiginosamente a partir desse seu gesto. Quando Matilde conseguiu sair daquela caverna tenebrosa pelas mãos de um garboso e experiente cavaleiro, não sabia que estava prestes a conhecer o amor e atrair para si extremos sacrifícios. A rica herdeira e o esforçado tropeiro logo se apaixonaram. Mas, cedo caíram nas malhas de uma infeliz intriga familiar. A força do amor não foi suficiente para remover os obstáculos que impediriam a união dos dois. O namoro mantido em sigilo e vivenciado em toda sua plenitude traria sérias consequências para eles. O casal enamorado seria capaz de desfazer a trama urdida pelo Coronel Joaquim, pai de Matilde? Até quando eles suportariam o peso daquele segredo? Enfim, o romance vivido intensamente nos sertões das Alterosas, nas primeiras décadas do século XX, poderia ser classificado como uma nova versão do amor de Romeu e Julieta? Só o tempo , como senhor da razão,conseguiria aliviar a angústia dos Amantes das Gerais.”
O livro foi publicado em edição independente e não se encontra a venda em livrarias.
Para adquiri-lo basta acessar o site: www.osamantesdasgerais.com.br
Maiores informações: mjacintarb@globo.com

APOIO À DIVULGAÇÃO: Coimbra Canal

Não Conduza De Olhos Fechados

10 a 20% dos acidentes rodoviários são consequência da fadiga ao volante

“NãoConduzaDeOlhosFechados” é a campanha lançada pela
Sociedade Portuguesa de Pneumologia, pela Prevenção
Rodoviária Portuguesa, pela Guarda Nacional Republicana e
pela Linde com o objetivo de alertar os condutores para a fadiga ao volante.

“A fadiga ao volante é apontada como um dos fatores responsáveis por 10% a 20% dos acidentes rodoviários (DaCoTA, 2012). Com o objetivo de alertar para esta realidade e ajudar os condutores não só a identificar os sinais da fadiga, como também a prevenir e agir perante esta situação, surgiu a campanha Não Conduza de
Olhos Fechados.

Apesar da baixa aceitabilidade e da elevada perceção de risco da condução quando fatigados, 59% dos portugueses (60% na UE) revelaram ter conduzido quando estavam demasiado cansados para o fazer nos 12 meses anteriores ao estudo”, tal como indicam os resultados do mais recente estudo europeu sobre opiniões, atitudes
e comportamentos auto-declarados dos utentes da estrada no que diz respeito a riscos rodoviários (European Survey of Road users’ safety Attitudes – ESRA 2015), em que a PRP participou, afirma Alain Areal.

“Em época de verão, de viagens mais longas rumo às férias e de regresso de tantos emigrantes ao nosso país, consideramos fundamental recordar a importância de um sono reparador antes de viajar”, afirma Susana Sousa, representante da Comissão de Trabalho de Patologia Respiratória do Sono da Sociedade Portuguesa
de Pneumologia. “Nesta época do ano existe um aumento considerável de deslocações e, consequentemente, a exposição ao risco aumenta, tornando-se importante alertar e sensibilizar os condutores para a adoção de atitudes e comportamentos seguros”, sublinha Alain Areal.

De acordo com a Sociedade Portuguesa de Pneumologia, para evitar a sonolência ao volante, é essencial uma boa higiene do sono, que se traduz em 7 a 9 horas de sono regular. “Em viagem, perante sinais como bocejos frequentes, visão desfocada, dificuldade de concentração, sensação de sonhar acordado e dificuldade em
manter os olhos abertos, o melhor será parar, beber uma bebida cafeínada e fazer uma sesta de 15 a 20 minutos”, recomenda Susana Sousa, que sugere ainda que, em viagens longas, a tarefa de conduzir seja partilhada entre vários passageiros da viatura.

Também para evitar a fadiga e a sonolência, Alain Areal sugere que “os condutores iniciem a viagem bem repousados, que comam refeições ligeiras, que não consumam bebidas alcoólicas, que tenham a noção de que alguns medicamentos podem causar sonolência”. O Diretor-Geral da PRP recomenda também uma pausa ativa de 15 minutos a cada duas horas de condução e que, durante essa pausa, o condutor saia do veículo e faça alguns movimentos.

Mais informações: Cátia Jorge | catiajorge@raiox.pt | 926432143

Foto: Gilson Fonseca

 

Lousã ON – 11 e 12 de agosto

É já nos dias 11 e 12 de agosto que se vai realizar o Lousã ON, festa com entrada livre, que conta com diversos artistas entre os quais Valas, Zé Pedro e Diego Miranda!

A Câmara Municipal da Lousã, em parceria com o Licor Beirão, vai promover, nos dias 11 e 12 de agosto, no Parque Carlos Reis, o Festival “Lousã ON”, que pretende celebrar o verão e o Dia Internacional a Juventude.

O evento contará com diversos momentos, nomeadamente no dia 11 de agosto, onde, durante a tarde, na Piscina do Parque Carlos Reis, terão lugar diversas atividades de animação, como zumba, hidroginástica e performance do dj lousanense Paiva. A partir das 18h30, junto à esplanada do bar, atuarão os dj´s Pedro Neves e Tiago Camilo, acompanhados por uma performance de guitarra elétrica de Mauro Ribeiro.

Pelas 20h45, no anfiteatro, terá lugar um set com o dj lousanense “Mr Muzza”, seguindo-se a atuação do humorista Zé Pedro, que terá lugar às 21h30.

Às 22h30 sobe a palco Valas, um rapper português autor do tema “As Coisas” que têm já milhões de visualizações.  Esta música, que roda nas principais rádios nacionais, abriu caminho para outros “singles” do autor que, desde 2016, trabalha com editora Universal Music Portugal.

A encerrar este dia, terá lugar um set com o dj lousanense

R´GrounD.

Já no dia 12, Dia Internacional da Juventude, as entradas na piscina serão gratuitas para jovens (até aos 30 anos).

No coreto do Parque, pelas 17h, terá lugar uma aula aberta do Ginásio MOVE, seguindo-se, pelas 18h30, junto à esplanada do bar, a atuação do dj Rui Tomé acompanhado com um “live act” de Noa (violino). Pelas 21h30, no coreto terá lugar o set do dj lousanense Fábio D.

Às 22h30, também no coreto, atuará o Dj Diego Miranda, um dos dj´s e produtores de música eletrónica mais conhecidos de Portugal, que atua regularmente nos principais eventos mundiais como o Tomorowland, Rock in Rio e outros.

Diego Miranda, que se encontra atualmente no 58.º lugar da DJ Mag, um ranking que inclui diversos nomes mundiais e onde o português tem sido presença frequente, assume-se como um dos djs mais solicitados da Península Ibérica e atua em diversas partes do mundo, com destaque para inúmeras presenças no continente asiático.

A encerrar a noite terá lugar o set do dj Licor Beirão, Rui Tomé.

Todos os espetáculos do festival “Lousã ON” têm entrada gratuita.

De referir que o festival “Lousã ON” se insere na iniciativa “Lousã Convida à Integração”, integrada no Plano Municipal de Integração dos Imigrantes, recentemente aprovado pelo FAMI e enquadrado na componente Cultura – Atividades de Convívio Intercultural.

Contamos consigo para fazer parte desta festa.

in

Cerdeira concorre na categoria Aldeias Autênticas

 

É hoje que a Cerdeira (Concelho da Lousã) concorre na categoria Aldeias Autênticas para as 7 Maravilhas.

Todos os votos contam.

 

A participação nesta eleição insere-se também na estratégia de promoção do território e tem em consideração a visibilidade acrescida à marca Lousã conferida pela mesma.

As candidatas às 7 Maravilhas de Portugal® são organizadas em 7 categorias e as 7 vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que três aldeias por região. As categorias são: Aldeias Monumento; Aldeias de Mar; Aldeias Ribeirinhas; Aldeias Rurais; Aldeias Remotas; Aldeias Autênticas; e Aldeias em Áreas Protegidas. Qualquer aldeia pode candidatar-se em múltiplas categorias. As candidaturas decorrem até 14 de Março de 2017.

Este projeto conta com o apoio institucional do Gabinete do Ministro Adjunto, da Secretaria de Estado do Turismo, do Turismo de Portugal, da Unidade de Missão para a Valorização do Interior, ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, Federação Minha Terra, e Associação Portugal Genial.

cerdeira2

MUSICAL AMÁLIA e A Pequena Sereia de Filipe La Féria no CAE da Figueira da Foz

12 a 16 de Agosto no CAE da Figueira da Foz
É com muito entusiasmo que informamos por cá e pelas comunidades de Portugueses espalhados pelo mundo,
que Filipe La Féria estará em digressão com o seu inesquecível MUSICAL AMÁLIA.
O grande espectáculo que já percorreu as maiores salas em França e na Suiça,
está de volta com  Alexandra, Carlos Quintasas fadistas Carolina e Liana, Cristina Oliveira, Francisco Sobral, Hugo Rendas e muito mais!
Um espectáculo que tem encantado portugueses e estrangeiros, agora com imagens 3D e tradução simultânea em vários idiomas.
O MUSICAL AMÁLIA, conta a história de grande DIVA do Fado.
Enquanto o Amália surpreende o público adulto, A Pequena Sereia delicia as famílias, num espectáculo cheio de magia e de aventura!
 Com a ajuda de todos os Reis do Oceano, A Pequena Sereia encontra mesmo o seu Príncipe, e vence a luta contra a poderosa Bruxa Malvada.
 
 
12 a 16 de Agosto no CAE da Figueira da Foz
Reservas: 933 530 900 | 933 530 901
Apoio: Coimbra Canal
Cartazes Juntos

Lousã nomeada para Município do Ano 2017

Lousã nomeada para Município do Ano 2017

Municipio da Lousã é um dos finalistas deste concurso com o projeto “10 000 vidas”.

O município da Lousã é um dos finalistas do Prémio Município do Ano 2017 com o projeto “10 000 vidas”.

Integrada na categoria Região Centro destinada a Municípios com menos de 20 000 habitantes – que já venceu em 2015 – a candidatura promovida pela Câmara Municipal da Lousã assenta no projeto “10 000 vidas”, que, a partir do trabalho já em curso no Concelho – que envolve nesta fase cerca de 80 idosos – pretende assumir-se como o maior projeto de tele-assistência e tele-saúde a nível mundial.

Este projeto, desenvolvido pela Associação Nacional de Cuidado e Saúde em parceria com a Câmara Municipal da Lousã e diversas instituições locais, representa uma mudança de paradigma e pretende ser o ponto de partida para um novo modelo de apoio a idosos, que – através de novas ferramentas – complementa as estruturas de apoios atuais.

Com a aplicação e uso da tecnologia, será possível dar mais apoio a mais idosos, agir preventivamente e com menores custos, contribuindo para que possam viver mais tempo, mais saudáveis e felizes e de forma mais autónoma.

A Lousã “compete” na mesma categoria com os municípios de Góis, Vouzela e Figueira de Castelo Rodrigo num universo de 35 projetos finalistas de todo o país.

Os resultados finais deste concurso serão apresentados no dia 27 de julho, no Fundão.

Noite Branca – Lousã – 15 de julho, entre as 19 e as 3 horas

A ADSCCL, em parceria com a Câmara Municipal da Lousã, Junta de Freguesia de Lousã e Vilarinho, Dueceira, Activar e AESL, vai dinamizar a 2.ª Edição da Noite Branca, no próximo 15 de julho, entre as 19 e as 03.00h.
Esta iniciativa insere-se na estratégia de (re)animação e (re)dinamização  da Rua do Comércio, bem como do comércio local, juntando animação variada,  exposição de artes e  ofícios, música, espectáculos de rua entre muitos outros, destinada a pessoas de todas as idades.
Assim, no dia 15 de julho vista uma peça de roupa branca e junte-se a nós para realizar a Noite Branca Lousã 2017, com a Rua do Comércio no Coração.
 noitebranca

GóisOrosoArte – 2017 – 15 e 16 de julho

GóisOrosoArte 2017
15 e 16 de julho

15 de julho (sábado)

10h00 – Arte ao Vivo
Praia Fluvial da Peneda | Praia Fluvial de Santo António – Cerejal

16h00 – Sessão de Abertura
Auditório da Casa do Artista

16h30 – “A grande D” – Conferência com Marta Rebelo
Auditório da Casa do Artista

18h30 – Inauguração da Exposição Coletiva GoisOrosoArte 2017
Galerias da Casa do Artista

22h00 – Concerto Celebration
Coro Misto da AERG
Coro Misto da Sociedade Filarmónica Lousanense
Coro de Professores de Coimbra
Banda Filarmónica da AERG
Largo Francisco Inácio Dias Nogueira

16 de julho (domingo)

10h00 – Arte ao Vivo
Praia Fluvial da Peneda | Praia Fluvial de Santo António – Cerejal

22h15 – Grupo de Flamenco Companhia de Triana
Praia Fluvial da Peneda

23h30 – Espetáculo de Bailado com a Academia Gimnoarte
Praia Fluvial da Peneda

00h00 – Espetáculo Piromusical
Praia Fluvial da Peneda

Exposição Coletiva – 15 de julho a 16 de agosto GóisOrosoArte – 2017

gois