Todos os artigos de coimbracanal

Prémios da XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português

Apresentamos os vencedores dos prémios da XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português.

 Júri FICC: 

Prémio Menção Honrosa

Catarina Neves Ricci, “Maria, de Catarina Neves Ricci” – Produtora UKBAR Filmes

Prémio D.Quijote

Leonor Teles, com o filme “Terra Franca, de Leonor Teles”, Produtora Uma Pedra no Sapato

Júri Caminhos:

Prémio Revelação

Mónica Chen, “Califórnia” – Produtor Nuno Baltazar

Melhor Comunicação e Promoção IVITY CORP

João Vladimiro, “Anteu, de João Vladimiro” – Produtora Terratreme Filmes

Melhor Banda Sonora Original

Manuel João Vieira, “Cabaret Maxime, de Bruno de Almeida” – Produtora BaFilmes, Lda

Prémio Melhor Argumento adaptado

João Pupo, “Por sua testemunha” – Produtora Terratreme Fulmes

Melhor Argumento Original

Eugéne Green, “Como Fernando Pessoa Salvou Portugal” – Produtora O Som e A fúria

Melhor Som

Artur Cyaneto, Emilio Alicante, “Caminhos Magnétykos, de Edgar Pêra” – Produtora Bando a Parte

Melhor Montagem

Marco Amaral e João Braz, “3 anos depois, de Marco Amaral” – Produtora UKBAR Filmes

Melhor Caracterização

Catarina Santiago “A Estranha Casa na Bruma, de Guilherme Daniel” – Produtora Suspicio Filmes

Melhor Realizador

Bruno de Almeida “Cabaret Maxime, de Bruno de Almeida” – Produtora BaFilmes, Lda.

Melhor Guarda Roupa

Patricia Doria “Aparição, de Fernando Vendrell” – Produtora David e Golias

Melhor Direção Fotografia

João Ribeiro AIP, A Árvore, de Andre Gil Mata – Produtora CRIM

Melhor Direção Artística

João Torres, “Cabaret Maxime de Bruno de Almeida” – Produtora BaFilmes, Lda

Melhor Atriz Secundária

Rita Martins, “Aparição” – Produtora David e Golias

Menção Honrosa

Grace Passô, “Praça Paris” – Produtora Fado Filmes / CEAA Audiovisual / Taiga Filmes

Melhor Atriz

Valerie Bradell, “Maria, de Catarina Neves Ricci” – Produtora UKBAR Filmes

Melhor Ator Secundário

John Wentinmiglia, “Cabaret Maxime” – Produtora BaFilmes, Lda

Melhor Ator

Fernando Rodrigues, “Por Tua Testemunha, de João Pupo”, – Produtora Terratreme Filmes

Melhor Animação

Mónica Santos/Alice Guimarães, “Entre Sombras” – Produtora Animais AVPL / Vivement Iundi! / Um Segundo Filmes

Melhor Documentário

Jorge Pelicano, Até Que o Porno Nos Separe – Produtora Até Ao Fim do Mundo

Melhor Curta

João Vladimiro, “Anteu” – Produtora TerraTreme Filmes

Melhor Longa Metragem de Ficção Europcar

Leonor Teles, “Terra Franca” – Produtora Uma Pedra no sapato

Grande Prémio

Bruno de Almeida, Cabaret Maxime – Produtora BaFilmes, Lda

Júri Ensaios:

Menção Honrosa

Don Senoc, Instituto de Cinema da Universidade das Filipinas, “In Between Spaces” – Instituto de Cinema da Universidade das Filipinas

Ensaio Internacional

Leonardo Martinelli, Universidade Estácio de Sá, “Vidas Cinza, de Leonardo Martinelli” – Universidade Estácio de Sá

Menção Honrosa

Isabel Gomes, Colégio das Artes da Universidade de Coimbra, “Manuel Casimiro – Pintar a Ideia, de Isabel Gomes” – Produtora MUI CONCEPT / Colégio das Artes UC

Ensaio Nacional

José Caetano, Universidade Beira Interior, “Um Marco no Futebol, de José Caetano” – UBI

Júri Imprensa:

Menção Honrosa do Júri de Imprensa CISION

Mónica Santos; Nuno Amorim, “Entre Sombras” – Produtora Animais AVPL / Vivement Iundi! / Um Segundo Filmes

Prémio de Imprensa CISION

Paulo Carneiro, “Bostofrio, oú le ciel rejoint la terre” – Produtora Paulo Carneiro / Red Desert

Allma Social – Novo espaço da Cruz Vermelha

A Delegação de Coimbra da Cruz Vermelha Portuguesa encontra-se a organizar um evento intitulado + Allma, a realizar na sede da delegação, na Avenida Fernão de Magalhães, em Coimbra, no dia 10 de dezembro de 2018, das 18h30 às 23h00. Com este evento, pretende-se inaugurar e apresentar o novo espaço da delegação, o Allma Social, que terá cinco valências: aprendizagem e capacitação, uma lavandaria comunitária, uma loja social, o mercadinho mais e o atelier criativo. À inauguração deste espaço, segue um jantar solidário e a distinção de várias entidades, que serão distinguidas pelo seu apoio fundamental para todas as inicitivas da delegação

 O evento tem como objetivo a angariação de fundos para as atividades a desenvolver pela delegação, nomeadamente no apoio às famílias carenciadas da cidade de Coimbra, revertendo parte do valor do jantar para as atividades da delegação. Será, também, uma oportunidade para toda a população poder conhecer o âmbito de atuação da delegação e conhecer o novo espaço.

cruz

XXIV edição do festival dos Caminhos do Cinema Português

Os Caminhos do Cinema Português são um festival generalista de cinema focado na cinematografia contemporânea portuguesa, sendo um evento singular em Portugal, pela forma como promove a exibição, discussão e a prática cinematográfica – através da realização de secções competitivas, secções paralelas, retrospetivas cinematográficas e ações pedagógicas e de formação profissional no plano teórico-prático. Os Caminhos do Cinema Português pretendem ser aquilo que o nome transmite: a súmula dos diferentes caminhos que a cinematografia nacional percorre. Não existe um só caminho, disso nos damos conta quando os podemos enumerar, a saber: cinema de autor, cinema comercial, cinema para crianças e a vídeo arte. O cinema português enquadra-se nos mais variados escalões etários e registros estilísticos de que a história do cinema nos pode dar conta. A nossa 24ª edição vem (com)provar a vivacidade da cinematografia nacional numa edição em que recebemos 326 propostas nacionais num total de 762. Destas, foram selecionadas 167 – 21,92% de aceitação – com 99 obras nacionais presentes nas duas secções competitivas: Caminhos e Ensaios, bem como numa nova secção paralela – ‘Outros Olhares’. Esta edição é ainda reveladora do espírito de cooperação dos nossos cineastas com o universo de língua portuguesa, através do significativo número de co-produções em competição.

Festival

Fado do cantador que se perdeu no Alentejo

Serenata CANÇÃO, CANTE E PATRIMÓNIO

Festival Correntes de um só Rio, 3 Out 2018

Convento São Francisco

Câmara Municipal de Coimbra

Produção Associação Fado Hilário

Realização Cláudio Calhau

Som João Tavares Força da Música

Direcção Musical João Ferreira e Pedro Mestre

Músicos ALENTEJO CANTADO

Solista: Pedro Mestre FADO HILÁRIO

Manuel Portugal e Diogo Mendes (Guitarras de Coimbra)

João Ferreira e Pedro Ribeiro (Violas)

NOITE SAUDÁVEL DAS CIDADES DO CENTRO DE PORTUGAL

Os contextos recreativos desempenham um papel importante na vida das cidades e dos jovens mas têm, em várias situações, uma ligação intrínseca com a rutura de hábitos de vida saudáveis e a associação a uma multiplicidade de fatores de risco em várias áreas (violência, abuso de álcool e/ou consumo de drogas ilícitas, sinistralidade rodoviária, etc.).
Há um conjunto de comportamentos individuais e coletivos que podem contribuir para esta situação agravar ou melhorar o bem-estar, a segurança e a qualidade dos espaços de recreação noturna. A título de exemplo, um inquérito de 2013, promovido pelo Instituto Europeu para o Estudo dos Fatores de Risco (IREFREA – Portugal), a 500 frequentadores da noite maiores de 16 anos, em Coimbra, dá evidência a esta realidade. Estes dados veem ao encontro das preocupações também evidenciadas, entre outras entidades, pelas Forças de Segurança de Coimbra assim como pela Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (DICAD) e pelo Centro de Prevenção do Tratamento do Trauma Psicológico – CHUC. Falamos de uma realidade transversal a outros municípios do nosso Pais e à Europa onde vivemos. De registar internacionalmente a multiplicidade de projetos já implementados visando a prevenção destas problemáticas.
Tendo em conta as preocupações comuns do Centro de Prevenção e Tratamento do Trauma Psicológico (CPTTP) — Centro de Responsabilidade Integrado de Psiquiatria (CRI), do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra — e do Instituto Europeu para o Estudo dos Fatores de Risco (IREFREA, Portugal), nasce em 2014 o projeto Noite Saudável da Cidade de Coimbra, que na sequência do Fórum Internacional “Noite Saudável das Cidades”, que se realizou de 4 a 6 de Maio 2016 em Coimbra, promove a “Declaração Noite Saudável das Cidades do Centro de Portugal”, documento que viria a ser subscrito em Junho do mesmo ano por dezenas de entidades, entre as quais 21 municípios da região centro do país. Investindo na prevenção da violência interpessoal, do abuso de álcool e consumo de drogas ilícitas, e na sinistralidade rodoviária, procura contribuir para
(1) eliminar/atenuar os fatores de risco associados às áreas anteriormente referenciadas,
(2) promover fatores protetores, e
(3) potenciar a resiliência comunitária.
Na implementação desta iniciativa importa registar o apoio da CCDRC, na pessoa da Prof.ª Ana Abrunhosa.
Em 2017, no âmbito da candidatura (“Centro 2020”) do Instituto Europeu para o Estudo dos Fatores de Risco (IREFREA – Portugal) surge o atual projeto “Noite Saudável das Cidades do Centro de Portugal”, cuja coordenação científica é assumida pelo Centro de Prevenção e Tratamento do Trauma Psicológico, CRI de Psiquiatria – CHUC e pelo IREFREA – Portugal.

https://www.noitesaudavel.pt/

APOIO: COIMBRA CANAL

E SE 14 – Movimento de Humor

O “E se…” foi acompanhar a apresentação do estudo científico e técnico lançado pelo MH, com a colaboração do Professor Doutor Dom Ingues da Universidade da Flórida. Nesse estudo, com demonstração técnica no local, garante-se que é possível instalar um Aeroporto Internacional no Largo da Portagem em Coimbra. O estudo foi distribuído pela população e os responsáveis pelo MH deram conta da sua atividade cívica.
Na verdade, se há alguma verdade nisto, o MH aproveitou o 5 de outubro para se dar a conhecer e lançar o número zero da revista que pretende tornar regular.
“E Se…”, com humor, estivéssemos atentos ao que se passa em Coimbra?

Fado Hilário e Alentejo Cantado

Serenata CANÇÃO, CANTE E PATRIMÓNIO

Festival Correntes de um só Rio

3 Out 2018

Convento São Francisco, Câmara Municipal de Coimbra

Produção: Associação Fado Hilário

Realização Cláudio Calhau

Som João Tavares Força da Música

Direcção Musical João Ferreira e Pedro Mestre

Músicos ALENTEJO CANTADO

Solista: Pedro Mestre FADO HILÁRIO Manuel Portugal e Diogo Mendes (Guitarras de Coimbra) João Ferreira e Pedro Ribeiro (Violas)