Todos os artigos de coimbracanal

730 anos da UC : 73 Harpas no Mondego

730 anos da UC : 73 Harpas no Mondego

Transmissão em Direto: 730 anos da UC – 73 Harpas no Mondego

Posted by Universidade de Coimbra on Sunday, September 13, 2020

O Pátio das Escolas foi o palco escolhido para receber o espetáculo “730 Anos da UC: 73 harpas no Mondego”.

Mais de 900 pessoas acompanharam a apresentação de Júlio Isidro e dos 73 harpistas nacionais e estrangeiros (presentes fisicamente e de forma remota). O evento contou ainda com a participação da Orquestra da Tuna Académica da UC, dos guitarristas Bruno Chaveiro (guitarra portuguesa) e Paulo Soares (guitarra de Coimbra), bem como os cantores Yola Dinis, Marta Alves e Valter Mira.

Bruno Aleixo nomeado embaixador dos “Caminhos da Região de Coimbra”

A personagem de humor Bruno Aleixo é o embaixador dos “Caminhos da Região de Coimbra”, uma nova rede de trilhos pedestres que promovem e valorizam os corredores de património natural da região, dinamizada pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM Região de Coimbra). Por meio do humor cáustico próprio do Bruno Aleixo, o grande objetivo é promover os recursos naturais da Região através de pequenas rotas, perfeitas para se fazer num dia, às Grandes Rotas do Alva, Bussaco e Mondego, que proporcionam vários dias de caminhadas e experiências associadas. 

 A Região de Coimbra é marcada por uma grande variedade de recursos naturais que compreendem desde a zona costeira e a paisagem gandaresa, ao vale do Mondego, passando pela extensa mancha florestal que culmina nas serras.
Assistindo-se hoje à necessidade de evasão dos grandes aglomerados e a um crescente interesse pela prática de atividades e desporto ao ar livre e em contacto com a natureza, os destinos com uma forte componente natural, que permitem a conciliação do conceito de isolamento social com a descoberta e contacto com a natureza, são certamente uma das tendências de turismo em Portugal.

Além de um conjunto de pequenas rotas para estar em comunhão com a natureza, descobrir aldeias perdidas no tempo, recordar tradições e provar algumas das melhores iguarias regionais, os “Caminhos da Região de Coimbra” incluem quatro grandes rotas que proporcionam vários dias de caminhadas e experiências: a Grande Rota do Alva (106 km), a Grande Rota do Bussaco (56 km), a Grande Rota do Mondego (124 km) e o Caminho Natural da Espiritualidade (67 km).

Um total de mais de 700 quilómetros de rotas municipais e intermunicipais que sofreram um reforço das condições físicas de apoio à visitação para afirmar a Região de Coimbra como um destino turístico de excelência, nomeadamente a requalificação de caminhos e percursos, sinalética, estruturas de observação e de relação com a natureza, unidades de visitação e de apoio ao visitante, rotas temáticas, estruturas de informação e suportes de comunicação e divulgação.

Igreja de Coimbra: Chegou a Hora!

Pelas 16h, na Sala do Capítulo do Mosteiro de Santa Cruz, teve lugar a tertúlia “Igreja de Coimbra: chegou a hora!”, que em ‘Dia da Igreja Diocesana’ procurou partilhar perspectivas e desafios sobre a missão pastoral da Igreja de Coimbra. Esta tertúlia teve como painel Sílvia Monteiro, médica cardiologista; Ana Filipa Santos, arquiteta; Isabel Gaspar, diretora executiva nacional do Alpha e o Padre Rodolfo Leite, pároco da Unidade Pastoral da Mealhada. Contou ainda com a palavra de encerramento do Bispo Diocesano, D. Virgílio Antunes.

DEBATE – ZARAGATOA. UMA IGREJA PARA ALÉM DA PANDEMIA!

Veja os cinco episódios do Programa Zaragatoa, gravados no Seminário Maior de Coimbra.

Episódio 1 – Uma conversa moderada pelo jornalista João Campos (Diretor adjunto do Diário de Coimbra) entre o Pe. Nuno Branco sj (diretor do CUMN) e o Pe. Nuno Santos (reitor do SMC) intitulada: Zaragatoa. Uma Igreja para além da pandemia!

Episódio 2 – Uma conversa moderada pela médica Sílvia Monteiro (Médica Cardiologista no CHUC) entre o Diogo Conceição (Médico no CHUC e no INEM) e o Carlos João Diogo (Project Manager at Critical Software) intitulada: Zaragatoa – Igreja Pós Pandemia! – Serviço [diaconia] e empowerment.

Episódio 3 – Uma conversa moderada Karina Dantas entre o João Paiva (Professor Universitário) e o Rui Fernandes (Arquiteto da CMSoure) intitulada: Zaragatoa – Igreja Pós Pandemia! – Comunidade [koinonia] e novas geografias.

Episódio 4 – Uma conversa moderada Rita Loureiro (Enfermeira no CHUC) entre o Pe. Duarte Rosado, sj. (Mestre de noviços e colaborador no CUMN) e o Alberto Seiça (Investigador da Universidade Nova de Lisboa) intitulada: Zaragatoa – Igreja Pós Pandemia! – Liturgia [liturgia] e a digitalização.

Episódio 5 – Uma conversa moderada Agostinho Franklin (Diretor do Diário As Beiras) entre a Margarida Mano (Prof. Universitária da FEUC, ex-ministra e ex-deputada) e a Liliana Pimentel (Prof. Universitária da FEUC e Vice-presidente da CMCondeixa-a-Nova) intitulada: Zaragatoa – Igreja Pós Pandemia! – Testemunho [martiria] e presença.

DEBATE – ZARAGATOA. UMA IGREJA PARA ALÉM DA PANDEMIA!

Transmissão em direto, domingo, 7 de junho de 2020 às 21h30, a partir do Seminário Maior de Coimbra, uma conversa moderada Agostinho Franklin (Diretor do Diário As Beiras) entre a Margarida Mano (Prof. Universitária da FEUC, ex-ministra e ex-deputada) e a Liliana Pimentel (Prof. Universitária da FEUC e Vice-presidente da CMCondeixa-a-Nova) intitulada: Zaragatoa – Igreja Pós Pandemia! – Testemunho [martiria] e presença.

DEBATE – ZARAGATOA. UMA IGREJA PARA ALÉM DA PANDEMIA!

Transmissão em direto, domingo, 31 de maio de 2020 às 21h30, a partir do Seminário Maior de Coimbra, uma conversa moderada Rita Loureiro (Enfermeira no CHUC) entre o Pe. Duarte Rosado, sj. (Mestre de noviços e colaborador no CUMN) e o Alberto Seiça (Investigador da Universidade Nova de Lisboa) intitulada: Zaragatoa – Igreja Pós Pandemia! – Liturgia [liturgia] e a digitalização.